Saiba quais as melhores aplicações financeiras do momento!

Lupa

 

Se você está pensando em fazer uma aplicação financeira com seu dinheiro, antes de escolher o tipo de investimento é necessário entender um pouco mais as possibilidades para encontrar o que for mais vantajoso para você. Nesse sentido, você sabe quais são as melhores aplicações financeiras do momento?

Neste artigo você vai conhecer algumas das principais aplicações financeiras mais vantajosas do momento e vai poder entender a diferença entre elas para escolher com mais cuidado e segurança.

Boa leitura!

 

O que é uma aplicação financeira?

 

Quando você adquire um produto financeiro, está realizando uma aplicação financeira. Assim, diferentemente de produtos físicos, em que você investe seu dinheiro para comprar materiais de trabalho, por exemplo, para obter lucro, na aplicação financeira o produto não é físico.

Diante disso, você pode falar em aplicação financeira quanto adquire ações de determinada empresa, deixa o dinheiro em uma poupança ou aplica no tesouro nacional. Esses são exemplos de aplicações financeiras existentes.

Porém, para poder fazer parte desse mundo de investimentos, você precisa ter certo conhecimento sobre as opções e entender as possíveis consequências de cada tipo de aplicação.

Esse entendimento é fundamental para que você encontre a aplicação que seja correspondente as suas expectativas e que atenda suas necessidades de acordo com seu perfil.

Falando em perfil, você já conhece o seu perfil de investidor? Veja no tópico abaixo e descubra qual investidor você é.

 

Conheça os perfis de investidor

 

Antes de conhecer suas opções, entender um pouco sobre o seu perfil de investidor pode facilitar o rumo da aplicação. Isso porque, existem perfis diferentes e com aplicações correspondentes.

Um dos perfis existentes é o conservador, esse perfil é da pessoa que deseja investir, mas que não quer se arriscar muito. Ou seja, ela prefere investimentos que sejam mais seguros e que tenham menor riscos de perda. Esse perfil vai preferir preservar o patrimônio que possui ao invés de dar grandes passos e arriscar o que já conquistou.

Além disso, outro perfil existente é o moderado, nesse caso o investidor ainda prefere ter mais segurança, no entanto aceitar correr certos riscos dependendo de cada situação.

Geralmente, essa pessoa já tem um patrimônio um pouco mais, em crescimento, e se sente mais confortável em correr determinados riscos se entender que vale a pena.

Por fim, existe o perfil arrojado, que é o que aceita correr mais riscos. Esse investidor tem a intenção de aumentar o patrimônio e entende que algumas perdas ao longo do caminho fazem parte e até podem ser necessárias para obter melhores resultados.

Em linha geral, esse investidor tem maior conhecimento sobre investimentos e economia em geral. Isso porque, para ter uma postura mais agressiva e arriscar mais, ter um nível de entendimento mais elevado é fundamental para não correr riscos desnecessários e sem retorno futuro.

Pois bem, com essa pincelada sobre os perfis você já pode começar a entender qual o perfil que você possui. Depois disso, logo abaixo você vai ver as melhores aplicações financeiras para o momento atual e levar em conta seu perfil vai ajudar no momento de sua escolha.

 

Saiba o que é um investimento de renda fixa

 

Antes de entrar propriamente na parte dos investimentos mais vantajosos atualmente, é essencial que você saiba que existem basicamente duas grandes divisões nas modalidades de aplicações. É claro que depois existem algumas misturas e subdivisões, mas o principal é conhecer os dois grandes blocos.

Uma delas é a renda fixa e a outra a renda variável. Iniciando pela renda fixa, você precisa saber que quando se está falando em uma aplicação de renda fixa o que se quer dizer é que, no momento da realização da aplicação você já sabe quanto irá ter de lucro no final.

Ou seja, não existe risco nesse tipo de aplicação. É o caso do CDB, por exemplo, em que você deixe determinado valor em uma conta por determinado tempo. Já no ato do contrato você sabe o percentual de juros que irá receber pelo rendimento desse valor e após quanto tempo poderá retirar a aplicação.

 

Entenda o investimento de renda variável

 

Além do investimento de renda fixa, também existe o investimento de renda variável. Como o nome já sugere, nesse caso o investimento varia e não possui um valor fixo que você sabe que irá receber.

Ou seja, nesse tipo de aplicação existe o risco, independentemente se é maior ou menor. A questão ainda não é o tipo de risco, apenas entender que nessa modalidade ele existe.

As aplicações de renda variável são aquelas que você investe determinado valor, mas não há garantia ou certeza de que irá ter lucros, podendo inclusive perder o valor investido.

Porém, nesse caso, existem diferentes níveis de aplicações, algumas mais arriscadas e outras menos.

 

Descubra as melhores aplicações financeiras atualmente

 

Agora que você já pôde entender um pouco mais detalhadamente sobre os perfis de investidores e as diferenças entre aplicações de renda fixa e variável, está na hora de conhecer as melhores aplicações financeiras do momento.

 

1.Tesouro Direto

 

Uma das principais opções de aplicações financeiras que você pode optar é o Tesouro Direto. Esse investimento acontece no programa criado pelo governo do Brasil em que você pode adquirir títulos do tesouro e ganhar juros.

Dentro disso, você pode escolher entre opções de renda fixa, em que a taxa de juros já é prefixada e você tem exato conhecimento de quanto vai lucrar no investimento, bem como pode escolher títulos que possuem a rentabilidade atrelada a alguma oscilação de índices de taxas, como a Selic.

Portanto, nesse caso, tem a opção de garantir um investimento mais seguro ou arriscar um pouco, dependendo do que você tem como objetivo.

 

2.CDB

 

Outra alternativa viável é o investimento em CDB, que significa Certificado de Depósito Bancário. Nesse caso você empresta dinheiro a um banco por um determinado período e, em troca, ele devolve o valor com a correção dos juros.

Essa opção também é de renda fixa, sendo segura, pois você sabe quanto irá receber ao final do prazo estipulado. Além disso, em casos de falência do banco, muitos CDBs possuem proteção que cobre até determinados valores, a partir do Fundo Garantidor de Crédito.

 

3.Fundos Imobiliários

 

Se você quiser uma opção de aplicação financeira que seja de renda variável, nesse caso pode escolher os fundos imobiliários.

Os fundos imobiliários funcionam como uma espécie de cota, em que você compra parte de um ou mais imóveis e recebe parte correspondente da renda de aluguel.

Porém, por serem de renda variável é preciso ter maior cuidado na escolha e observar todas as questões envolvidas, pois esse tipo de investimento normalmente é recomendado a perfis de investidores que sejam mais agressivos.

 

4.Fundos de renda fixa

 

Mais uma opção é apostar nos fundos de renda fixa, que funcionam com a administração de um gestor. Você compra uma cota dentro de uma conta de aplicações, e os gestores realizam a busca dos melhores investimentos em renda fixa.

Porém, nesse caso você deve escolher com cuidado os gestores e verificar as taxas cobradas por esse serviço, para garantir que é um negócio que vale a pena.

 

5.Ações

 

Mais uma opção de aplicação financeira possível é adquirir ações. As ações são parte de uma empresa que abriu seu capital para investidores externos. Nesse caso, você compra uma ou mais ações e recebe proporcionalmente aos rendimentos que a empresa obtiver.

Esse tipo de aplicação é de renda variável, pois o desempenho financeiro da empresa vai depender de vários fatores de mercado, o que pode fazer você obter grandes lucros ou perdas, a depender de várias circunstâncias.

Por isso, é ideal ter uma boa pesquisa de mercado para conhecer o histórico da empresa e entender qual momento ela vive e se é prudente apostar em suas ações.

Além disso, esse tipo de aplicação pode ser tanto a curto quanto a longe prazo, pois você pode ficar com as ações por um tempo enquanto elas valorizam e vender quando quiser.

Esse investimento costuma ser feitos por perfis moderados e arrojados, pois não é o mais seguro e depende de certo conhecimento de mercado para que as ações certas sejam adquiridas.

 

Observe seu objetivo

 

Você já conheceu alguns dos principais investimentos possíveis, mas além de entender sobre o seu tipo de perfil de investidor, também é essencial levar em consideração o objetivo que possui para escolher a melhor aplicação.

Se seu objetivo for lucro a longo prazo, ou até mesmo obter uma aposentadoria melhor, nesse caso investimentos com risco moderado e resgate só após um longo período, são os mais recomendados.

Investimentos em renda variável, como em ações, têm um grande potencial de ganho a curto prazo, porém o potencial de perda está no mesmo nível. Com isso, é uma aplicação que nem sempre pode ser benéfica se o objetivo é um resgate a longo prazo.

Portanto, é sempre importante ajustar seus objetivos com seu perfil de investidor e buscar as aplicações que mais tenham relação com essas questões para que os melhores resultados sejam obtidos, de acordo com suas expectativas.

Precisa de dinheiro rápido? Clique aqui e peça já!