Deixar Suas Compras de Natal Para a Última Hora Pode Ser Uma Coisa Boa

Compras de Natal de Última Hora

Com apenas 10 dias para o Natal, pessoas em todo o país estão colocando seus toques finais em seus preparativos de Natal, decorando a árvore, e arrumando a casa para a grande ceia da noite do Natal.

Mas e se você é um daqueles que deixaram suas compras de Natal até o último minuto e depois passa os últimos dias antes do Natal tentando freneticamente comprar presentes para amigos e familiares? Bem, você pode ficar feliz em saber que isso pode ser realmente uma coisa boa.

Estudos sobre os processos de tomada de decisão das pessoas mostram que as compras espontâneas poderiam, de fato, ser a maneira mais inteligente de comprar.

Vamos aprofundar neste assunto um pouco mais.

Pensar Demais e Analisar Demais

Em geral, pensamos que quanto mais informações tivermos, mais informadas serão nossas decisões. No entanto, ter mais informações nem sempre é vantagem.

Tomamos milhares de decisões todos os dias de diferentes graus de importância, do que comer, o que dizer para um colega ou como escrever um e-mail, fora todas as decisões que tomamos no trabalho.

Nos momentos em que deliberamos infinitamente sobre os prós e os contras, gastamos energia questionando nossas próprias decisões, nossos instintos e nossas habilidades.

Muitas vezes, conhecemos a decisão correta instintivamente baseada nas nossas experiências e na informação que anteriormente reunimos em nossos cérebros. No entanto, quando gastamos tempo "reunindo informações", tentando decidir entre uma opção contra outra, podemos complicar o que pode ter sido um processo mais fácil.

Toma a Decisão e Segue em Frente

Em seu livro best-seller, Blink, Malcolm Gladwell nos ensina a importância desses dois primeiros segundos que ocorrem ao tomar decisões. Um dos destaques do livro é que as decisões tomadas rapidamente são tão valiosas quanto as decisões bem pensadas.

Nós operamos melhor quando tomamos decisões instantâneas com base nas informações limitadas que temos. Uma vez que os critérios essenciais e básicos de uma escolha específica foram atendidos, estamos em condições de tomar uma decisão. No entanto, muitas vezes, podemos estar tão focados em fazer a "decisão perfeita" que passamos mais tempo e energia para pensar mais que o necessário e tomar a mesma decisão sendo que poderia ter sido feito muito mais cedo com menos informações.

Pense quando estiver procurando por hotéis online. Usando seus critérios, tais como localização, preço e comodidades básicas para procurar hotéis, na maioria dos casos é perfeitamente possível reservar um hotel adequado que atenda aos seus critérios rapidamente. Mas, em muitos casos, passamos mais tempo na busca desnecessária.

Compras de Natal na Correria

Agora, com o Natal em mente, muitas vezes complicamos nossos processos de decisão que atrasam nossa produtividade e eficiência.

Tendo menos tempo para prosseguir e deliberar sobre encontrar o "presente perfeito" para cada membro da família, comparar preços, pensar na cor certa, questionar se está escolhendo o presente certo, é provável que você faça melhores escolhas instintivamente com base na informação ou fatos que você já tem.

Então, se você está prestes a correr ao redor do shopping para comprar presentes para amigos e familiares, confie nos seus instintos e vá com sua primeira resposta. Isso não só irá poupar tempo, mas também vai se preocupar bem menos.

Boas compras!