Mitos e verdades sobre a contratação de empréstimo

Moedas

 

O que não faltam são verdades e mitos sobre empréstimos circulando por aí.

Todos os anos, milhões de brasileiros usam empréstimos pessoais para consolidar dívidas, pagar despesas inesperadas, fazer melhorias em sua casa e muito mais.

E, se por um lado as verdades podem ajudá-lo a discernir melhor se esta é a melhor opção, acreditar nos mitos pode fazer com que você perca uma boa oportunidade de empréstimo no momento.

Portanto, aqui estão algumas verdades e mitos sobre empréstimos para você saber antes de escolher qualquer tipo de financiamento bancário.

 

Fato: Empréstimos pessoais podem ser usados para praticamente tudo

 

Os empréstimos pessoais são uma opção de financiamento popular porque são muito versáteis e você pode usá-los para cobrir tudo, desde custos de conserto de automóveis até reformas na casa e despesas relacionadas a eventos, como casamentos.

Os usos aceitáveis para empréstimos variam de acordo com o credor, mas a maioria das instituições permite que os mutuários usem os fundos para fins pessoais, familiares ou domésticos.

Os empréstimos pessoais não podem, contudo, serem usados para promover atividades ilegais. Fora isso, os fundos de empréstimos pessoais podem ser usados para reformas de imóveis, pagar estudos na universidade ou iniciar um novo negócio.

 

Mito: As taxas de juros dos empréstimos pessoais são as mais altas

 

As taxas de juros dos empréstimos pessoais são naturalmente mais altas do que as dos empréstimos com garantia, como os habitacionais e automotivos. No entanto, quando você compara os juros dos empréstimos pessoais com os dos cartões de crédito, por exemplo, os empréstimos pessoais têm muitas vezes taxas de juros muito mais baixas.

Enquanto os juros rotativos do cartão de crédito (aquele que você paga por faturas atrasadas) pode chegar até 875% ao ano, os empréstimos pessoais da Ferratum, por exemplo, podem ser obtidos à taxa anual de juros de 210%.

Se você está pagando muitos juros sobre o saldo devedor do seu cartão de crédito, é melhor fazer um empréstimo pessoal com uma taxa de juros mais baixa para economizar no pagamento dos juros.

 

Fato: Os credores online oferecem opções práticas para a aquisição de um empréstimo pessoal

 

Com o progresso na segurança cibernética e na tecnologia de banco pela Internet, os credores online tornaram-se fontes confiáveis de empréstimos e podem ter taxas mais favoráveis.

Embora as agências bancárias físicas ainda estejam no negócio de geração de empréstimos há mais tempo, elas não são mais a única nem a melhor opção em muitos casos.

 

Mito: Só os bancos podem oferecer empréstimo pessoal seguro

 

Os bancos são provavelmente um dos primeiros lugares que vêm à mente quando você pensa em obter um empréstimo. Mas eles não são o único tipo de instituição financeira que oferece empréstimos pessoais.

As cooperativas de crédito, empresas de financiamento ao consumidor e credores online também oferecem empréstimos a pessoas que se qualifiquem.

 

Fato: Você não precisa de uma pontuação de crédito perfeita para obter um empréstimo pessoal

 

É isso mesmo que você leu. Você não precisa de uma pontuação de crédito perfeita para garantir um empréstimo. Pessoas com uma ampla gama de pontuações de crédito garantem empréstimos pessoais todos os dias.

Uma boa pontuação de crédito, no entanto, pode resultar em uma taxa melhor, porque pode ser uma indicação de sua capacidade de pagar o empréstimo.

 

Mito: Empréstimos pessoais são difíceis de conseguir

 

Na verdade, solicitar um empréstimo pessoal é rápido e fácil. Você pode fazer isso online. E você pode receber seu dinheiro em apenas alguns dias e às vezes em horas.

Na maioria dos casos de empréstimos pessoais, você preenche um pequeno formulário, carrega o comprovante de renda e sua identidade e endereço e espera algumas horas por uma decisão.

É uma boa ideia reunir todas as informações necessárias antes de iniciar o seu pedido de empréstimo pessoal.

Depois de enviar sua inscrição, o processo pode ser executado muito rapidamente. Você pode tomar uma decisão e receber os fundos já no próximo dia útil após a aceitação.

 

Fato: Você pode pagar um empréstimo pessoal em um período de tempo fixo

 

Os empréstimos pessoais são projetados para ajudar os mutuários a consolidar e pagar dívidas em um prazo claro que funcione para seu orçamento.

Com a Ferratum, por exemplo, você precisaria de poucos meses para pagar empréstimos e ficar livre de dívidas, independente da taxa de juros e do valor do seu pagamento mensal.

Por exemplo, se você for aprovado para um empréstimo de mil reais, poderia pagar cerca de 210 reais por um período curto de nove meses.

As taxas fixas também tornam seus pagamentos mensais previsíveis, dando a você uma data de pagamento clara se você continuar com esses pagamentos estáveis.

 

Mito: Você não pode obter um empréstimo pessoal se já tiver feito um empréstimo separado

 

Se você já fez um empréstimo, isso não o excluí de solicitar outro empréstimo. Na verdade, existem empréstimos pessoais destinados a ajudá-lo a saldar outros empréstimos.

Usar um empréstimo pessoal para consolidação de dívidas é uma forma estratégica de combinar dívidas em uma solução mais conveniente e acessível.

 

Fato: Você não precisa de garantias para solicitar ou receber um empréstimo pessoal

 

Os empréstimos pessoais são principalmente empréstimos sem garantia, o que significa que não exigem que você apresente uma garantia, como sua casa ou automóvel.

 

Mito: a solicitação de um empréstimo pessoal prejudica sua pontuação de crédito

 

Alguns consumidores acreditam que adicionar dívidas diminui automaticamente sua pontuação de crédito junto às instituições financeiras. No entanto, se você usar sabiamente um empréstimo pessoal para, por exemplo, pagar dívidas de cartões de crédito, poderá aumentar sua pontuação e fazer isso com bastante rapidez.

Isso porque os modelos de pontuação de crédito contabilizam dívidas parceladas como empréstimos pessoais de maneira diferente do que fazem com dívidas rotativas como cartões de crédito.

Quando os saldos do seu cartão de crédito são altos em comparação com seus limites de crédito, a sua pontuação de crédito sofre um golpe. E, quando seus saldos rotativos excedem 30% de seus limites de crédito, sua pontuação também cai.

Mas quando você usa um empréstimo pessoal para pagar seus cartões de crédito, essa porcentagem, chamada de "taxa de utilização", cai para zero.

Pare de carregar saldos de cartão de crédito depois de mover essa dívida rotativa para um empréstimo a prazo, e suas finanças e pontuação de crédito ficarão mais saudáveis a cada mês.

E se você tiver poucas informações em seu relatório de crédito, um empréstimo pessoal também pode aumentar sua pontuação.

Isso porque você pode ser penalizado por usar muito pouco ou muito crédito. Pagar um empréstimo pessoal em dia pode adicionar um bom histórico de crédito e aumentar sua pontuação.

 

Fato: Empréstimo pessoal é bom para minha saúde financeira

 

Se você já tem vários empréstimos ou está pagando altas taxas de juros, pode não parecer uma boa ideia aumentar o seu endividamento. No entanto, quando usado como uma ferramenta de consolidação de dívidas, um empréstimo pessoal pode reduzir o pagamento de juros em algumas centenas de reais.

Talvez você queira se aprimorar e fazer um upgrade em seu trabalho. A educação é um dos melhores investimentos que você pode fazer na vida.

Se você decidiu que a qualificação adicional o deixará mais perto de seus objetivos, por exemplo, um empréstimo pessoal pode ajudá-lo a cobrir despesas além das mensalidades.

 

Mito: É melhor solicitar um empréstimo que se destina a um uso específico

 

Em comparação com os empréstimos especializados, os empréstimos pessoais oferecem versatilidade de uso.

Em comparação com um empréstimo para renovação que normalmente é desembolsado para o seu contratante com base na cotação de renovação após a aprovação, você não precisa compartilhar o objetivo do seu empréstimo pessoal com o banco.

Você poderá decidir totalmente como deseja usar o valor do empréstimo, desde o pagamento de parte da reforma até a mobília da sua nova casa.

 

Empréstimos pessoais: às vezes, eles são realmente os melhores

 

Quase todo mundo vai pegar um empréstimo em algum momento de suas vidas. Pode ser para um casamento dos sonhos, um carro ou casa novos, ou até mesmo algum conserto inesperado ou contas médicas.

Os empréstimos são ferramentas para gerenciar suas finanças e, de fato, muitas pessoas acham que os empréstimos pessoais são a melhor maneira de financiar muitas coisas.

Os empréstimos pessoais geralmente vêm com taxas fixas que são substancialmente mais baixas do que as taxas de cartão de crédito.

Portanto, se você conseguir uma taxa de juros mais baixa e arcar com um pagamento que liquidará dívidas com juros mais altos, um empréstimo pessoal pode ajudar a colocar suas finanças nos trilhos.

Os empréstimos pessoais superam os cartões de crédito para grandes compras quando suas taxas de juros são mais baixas. E taxas e pagamentos fixos facilitam o orçamento.

Você pode usar cartões de crédito para obter recompensas ou uma taxa inicial baixa e, em seguida, pagá-los com um empréstimo pessoal antes que os juros mais altos apareçam.

Se você não precisa de muito dinheiro, os empréstimos pessoais podem ser mais econômicos do que os empréstimos imobiliários, mesmo que as taxas de juros sejam mais altas.

A razão de haver tantos produtos de empréstimo disponíveis é que existem muitas necessidades diferentes. Basta fazer o seu dever de casa e adequar o financiamento à sua situação. Dessa forma, você pagará menos por tudo o que financia.

Precisa de dinheiro rápido? Confira o empréstimo online urgente da Ferratum!