Por Que Viajar Sozinho é a Melhor Forma de Passear

A viagem perfeita é aquela que você tem total liberadade

"Algumas viagens na vida só podem ser percorridas sozinhas."

- Ken Poirot

Uma vez considerada uma coisa corajosa, arriscada ou até assustadora, hoje, as atitudes em relação às viagens individuais mudaram e, na verdade, está rapidamente se tornando a maneira preferida de viajar para muitos.

 

As pesquisas dizem…

Em maio, uma pesquisa mundial com 20.500 viajantes foi divulgada pela Booking.com, revelando um aumento significativo de viagens individuais. Entre os entrevistados, 40% dos chamados baby boomers (geração de pessoas nascidas logo depois da segunda guerra mundial, entre 1945 e 1960) disseram que fizeram uma viagem sozinhos no ano passado, enquanto outros 21% disseram que estavam planejando no futuro.

Os resultados da pesquisa Holiday Habits, realizada pela associação britânica de viagens ABTA, mostraram que um em cada nove entrevistados saiu de férias sozinho nos últimos 12 meses - o dobro do número há apenas seis anos.

A própria pesquisa do Hostelworld (link em inglês) mostrou um Aumento de 42% nos últimos dois anos em reservas de viajantes individuais, inclusive um crescimento de 45% em reservas de mulheres entre 2015 e 2017.

Além disso, a Hitwise analisou pesquisas de 3 milhões de consumidores britânicos e descobriu que houve um aumento de 143% nas buscas por "viagens individuais" nos últimos três anos.

 

Encontrando você mesmo

Fique avisado: viajar sozinho pode mudar sua vida.

É comum ouvir aqueles que viajaram sozinhos falando sobre “se encontrarem” enquanto viajavam. Viajar sozinho nos permite explorar nossos mundos interno e externo. Ele empurra nossos confortos, e entre o temor de novas visões e sons, viajar sozinho nos permite ficar quieto o suficiente para ouvir nossas próprias vozes, e apenas ser.

 

Analisando os desafios

Por mais gratificante que seja a viagem individual, ainda tem desafios que precisam ser consideradas. Geralmente, há três preocupações para viagens individuais. O primeiro é a segurança. Alguns lugares são mais seguros do que outros, e alguns lugares também são mais amigáveis ​​aos viajantes do que outros. Selecionar o destino certo é, obviamente, um fator-chave na redução das preocupações de segurança. A Europa tem sido considerada o melhor continente para viajar sozinho.

A sinalização geralmente é a segunda preocupação para quem viaja sozinho. Como eu chego a este ou aquele lugar? Tem placas tem mais de uma língua, especificamente em inglês? Eu estou indo pelo caminho certo? Os locais conseguem se comunicar com os turistas? Ou só falam no seu dialeto local?

O terceiro desafio para os viajantes individuais é a despesa. Uma grande vantagem de viajar com um amigo ou namorado/a ou com a família, é que fica mais barato, pois você pode compartilhar os custos de hotéis e outros encargos. Viajantes solitários gastam em média 50% a mais em hospedagem.

 

Você é quem manda

Mesmo considerando os desafios, as vantagens de viajar sozinho sempre superam todos os pontos negativos. Na pesquisa mencionada anteriormente pela ABTA, quase metade dos entrevistados disse que a melhor coisa em viajar sozinho era estar no comando de sua própria programação. Outros 21% disseram que a melhor coisa é que isso os encorajou a conhecer novas pessoas.

Aqui estão mais algumas razões pelas quais você deve viajar sozinho:

• Ele força você a sair da sua zona de conforto

• Você está no controle de onde você vai, quando e como

• Você está no controle de suas próprias finanças e orçamento

• Você pode planejar seu itinerário do jeito que quiser

• Você decide o que ver e fazer e por quanto tempo

• Você pode ser mais espontâneo

 

Faça as malas e escolha um destino! Viajar sozinho é uma experiência única e que você jamais vai esquecer.

 

E se precisar de dicas para montar seu orçamento de viagem, confira nosso post do nosso blog!

 Nos avalie! Avalie nosso chat para nos ajudar a melhorar nosso atendimento +