O que você faria se ganhasse na loteria?

Compartilhar experiências com amigos e família

Inúmeras matérias já foram publicadas sobre pessoas que ganharam na loteria e depois foram para a falência poucos anos depois. O portal Terra publicou uma lista de sortudos e suas histórias. A revista americana Business Insider também publicou um artigo interessante (link em inglês) sobre como os vencedores anteriores da loteria haviam gasto dinheiro.

Embora essas matérias focam mais nas histórias de vencedores gastando seus prêmios em carros novos e casas dos sonhos e falindo depois de alguns anos, há também algumas histórias inspiradoras de compartilhamento e comunidade.

Por exemplo, um vencedor levou treze membros da família para passar as férias na Flórida, um operário de construção decidiu continuar trabalhando e doar seu salário para um banco de alimentos, enquanto outro vencedor abriu um fundo que beneficiaria sua família.

 

Gastar dinheiro em outros

Vários estudos concluíram que gastar dinheiro com os outros nos faz mais felizes do que gastar dinheiro conosco mesmos. Isso foi confirmado por Michael Norton, professor associado da Harvard Business School, que disse em sua palestra no TED (em inglês) que gastar dinheiro com nós mesmos não nos faz mais felizes, no entanto gastar dinheiro com outros pode.

Como explicado em um estudo publicado pela France Presse e traduzido pela G1, gastar dinheiro com os outros é bom porque o nosso cérebro tem um sistema de recompensa embutido – através da oxitocina - que gerencia como interagimos com os outros. Quando gastamos dinheiro para fazer nossos amigos e familiares felizes, nosso cérebro nos recompensa, o que, por sua vez, nos faz sentir bem.

 

Gastar dinheiro em experiências

Gastar o nosso dinheiro na criação de momentos e experiências com a nossa família e amigos proporcionam felicidade duradoura, em vez de aumentar a felicidade temporária que podemos sentir quando compramos bens materiais.

Em um artigo anterior chamado Vida é sobre as experiências, explicamos como a vida é mais rica quando criamos momentos e experiências que nos lembram que estamos vivos.

É fácil ficar preso em nossas rotinas, mas se não fizermos um esforço consciente, é possível passar a vida vivendo cada dia igual ao anterior. No entanto, sempre que fazemos um esforço para fazer qualquer coisa, a probabilidade de criar uma memória duradoura aumenta. Não precisa nem ser uma atividade de abalar a terra; é simplesmente quando fazemos algo fora do comum, ela se torna numa experiência dentro da nossa memória.

 

O presente que continua dando

Quer melhorar ainda mais suas experiências? Compartilhe com um amigo ou ente querido. Uma única noite agradável com amigos ou familiares cria uma memória que pode ser lembrada e revivida novamente.

Talvez seja uma lembrança de férias, sua infância ou uma noite mágica que você passou junto com um amigo, qualquer que seja, é uma experiência que deixou uma marca e uma experiência que foi significativa o suficiente para lembrar.

 

O que você faria se ganhasse na mega sena?

 

Precisa de mais motivação para passar tempo com a família ou amigos? Um estudo da Scientific American mostrou que adultos com interações sociais mais frequentes, como ir ao cinema, jantar, ou beba com os amigos, vivem mais e tem menos stress. 

O melhor investimento que podemos fazer é passar momentos com amigos e familiares - é o presente que continua dando.